Cinema

8 filmes para quem ama psicologia | lançados entre os anos 60 e 2000.

filme de psicologia
Karla Kratschmer
Escrito por Karla Kratschmer

8 filmes clássicos para os amantes de psicologia.

Beleza Americana (American Beauty) – 2000

Lester Burham (Kevin Spacey) um pacato pai de família, lida com uma filha adolescente, e um relacionamento que não vai nada bem. Sem motivação para o trabalho ou para a vida, ao conhecer uma amiga de sua filha, Lester encanta-se por sua beleza e começa a agir de maneiras inesperadas.

Patch Adams – O Amor é Contagioso – 1998

patch adamsO filme combina humor com a história inspiradora de um médico – Hunter Adams (Robin Williams) – que considera o olhar, o acolhimento e o humor como parte essencial de um tratamento.

Seven – Os Sete Crimes Capitais (Seven) – 1995

sevenDois policiais, David Mills (Brad Pitt) e William Somerset (Morgan Freeman), são encarregados da investigação de um serial killer que mata utilizando como base os sete pecados capitais.

Hannibal O Silêncio dos Inocentes (The Silence of the Lambs) – 1991

A agente do FBI, Clarice Starling (Jodie Foster) está em busca de um serial killer e sua última vítima que pode ainda estar viva. Para entender como ele pensa, ela precisará se encontrar com Hannibal Lecter (Anthony Hopkins), preso sob a acusação de canibalismo.

Asas da Liberdade (Birdy) – 1984

Birdy (Matthew Modine) acredita ser um pássaro. Ele é mantido num hospital, onde recebe visitas de seu amigo Al (Nicolas Cage), que se esforça tentando trazer Birdy de volta à realidade.

Laranja Mecânica (A Clockwork Orange) – 1972

Alex (Malcolm McDowell), líder de uma gangue que mata, rouba e estupra, cai nas mãos da polícia. Preso ele recebe a opção de participar como cobaia, de um programa que visa refrear os impulsos agressivos e destrutivos, e pode vir a reduzir o seu tempo na cadeia.

Freud Além da Alma (Freud – The Secret Passion) – 1963

Enquanto a grande maioria de seus colegas se recusa a tratar a histeria acreditando tratar-se de fingimento, Sigmund Freud (Montgomery Clift) faz avanços usando a hipnose.

Psicose (Psycho) – 1960

Durante uma fuga, uma mulher vai parar em um velho hotel de estrada que é administrado por Norman Bates (Anthony Perkins). Norman mora com sua mãe no casarão atrás do hotel, e os dois têm uma relação muito estranha. Sem desconfiar do perigo que corre, a moça decide passar a noite no local.


Texto originalmente publicado no site www.psicologakarlak.com.br

Sobre o autor

Karla Kratschmer

Karla Kratschmer

Karla Kratschmer é psicóloga e atende adultos, adolescentes e casais em seu consultório particular localizado na cidade de São Paulo, bairro Chácara Santo Antônio.

Contato: (11) 9-9613-5444