Psicologia & Comportamento

15 razões ocultas por trás das críticas que você recebe

críticas
Tudo Inverso
Escrito por Tudo Inverso

Aprenda a detectar as verdadeiras razões por trás das críticas.

A crítica é um fato universal. Quando somos criticados podemos nos sentir envergonhados, incompetentes e com raiva. De fato, Winston Churchill comparou a crítica com a dor que podemos experimentar fisicamente. Um estudo recente descobriu que as experiências de rejeição, as críticas e a humilhação se processam na mesma área do cérebro responsável de processar a dor.

Obviamente, nem todas as críticas que recebemos são negativas. Há críticas construtivas que nos levam a reflexão e nos ajudam em nosso desenvolvimento. Para detectá-las, é importante compreender o que motiva as pessoas que realizam a crítica, se suas razões são válidas ou, ao contrário, é apenas uma estratégia para reafirmar o seu poder humilhando as pessoas que trazem “risco” a elas.

Por que as pessoas criticam?

1. Se sentem ameaçadas por algumas de suas qualidades e usam a crítica como uma arma para tentar “nivelar” o jogo. Na prática, essas pessoas se sentem inferiores, por isso te atacam ao tentar expor suas fraquezas.

2. Sentem-se com direito a um tratamento ou condição especial, e não recebem isso de você. Nestes casos, a pessoa pode acreditar que você a deve alguma coisa e pensa que você deve estar disponível para atender a qualquer favor. Se você não corresponde a essas expectativas, elas utilizarão críticas para que você se sinta mal.

3. Elas gostam de estar no comando da situação em todo o tempo e se assustam quando sentem que estão perdendo o controle. Nestes casos, criticar devolve a elas, pelo menos em parte, a sensação de controle. Elas usam a crítica para te inibir e com isso retomar as atenções para si novamente.

4. Querem se destacar. Em cujo caso, o mais provável é que elas façam críticas a seu respeito para outra pessoa, a fim de que elas mesmas possam parecer melhores e mais capacitadas do que você. Isso ocorre principalmente no trabalho ou em grupo de amigos. Nestes casos, você é visto como um rival.

5. Pensam que estão ajudando. De fato, muitas críticas dolorosas podem esconder boas intenções, mas que são realizadas de maneira inadequada.

6. Pensam que apenas os seus pontos de vista estão corretos, por isso criticam quando alguém se atreve a sugerir algo diferente. Isso é frequentemente considerado como um ataque pessoal, porque no fundo, essas pessoas são extremamente inseguras.

7. Tentam chamar a sua atenção, mas como faltam habilidades sociais e/ou emocionais, não sabem fazê-lo de maneira correta e assertiva, por isso acabam criticando, reclamando ou lamentando.

8. Buscam admiração e aprovação. De fato, quando as pessoas pensam que são experts em alguma coisa, geralmente criticam aos demais para demonstrar que sabem e para reafirmar-se.

9. Sentem-se frustradas porque elas tentam expressar suas necessidades ou opiniões de maneira mais assertiva, mas não conseguem chamar a devida atenção para si. Como resultado, descarregam suas frustrações em forma de crítica.

10. Sentem-se feridas por suas palavras ou ações, talvez não intencionais, mas como elas não têm coragem de dizer diretamente, acabam encobrindo essa insatisfação sob uma crítica aparentemente razoável.

11. Projetam sobre você seus próprios medos e inseguranças. De fato, quando as pessoas não aceitam algumas de suas facetas e as reconhecem em outras pessoas, estas geram uma grande rejeição dando origem às críticas.

12. Vingança por alguma situação que nunca superaram. Por isso encontram na crítica uma ferramenta de humilhação e vergonha.

13. Precisam se sentir poderosas, mesmo que isso signifique passar por cima de você.

14. Elas entenderam suas palavras ou suas atitudes como uma crítica, de modo que passam a contra atacar.

15. Te admiram e invejam, mas não conseguem expressar essas emoções de forma adequada, por isso terminam criticando as qualidades que elas mesmas tanto admiram.

Como responder essas críticas?

A forma de responder às críticas dependerá das situações e dos motivos que as originaram. De fato, há casos em que é melhor deixar passar, porque responder apenas serviria para dar asas à outra pessoa satisfazendo seu desejo por protagonismo e controle. Nessa situação, o melhor é ignorar. Tentar se defender te colocará num beco sem saída. Portanto, para seu próprio bem, faça-se de surdo.

Quando quem te critica é uma pessoa importante pra você, é importante que preste atenção e saiba que se trata de uma pessoa que tem estima por você, mas que apenas não tem a mesma opinião que a sua. Você pode deixar claro que respeita suas ideias, mas que também tem suas próprias convicções e independência para tomar decisões na sua vida.

Quando se trata de uma crítica realizada em público e você quer se defender, o melhor é que não caia no erro de responder uma crítica com outra, mas concentre-se apenas em expor seu ponto de vista, mantendo a calma. Muitas vezes uma resposta tranquila, assertiva e inteligente é o suficiente para causar uma boa impressão nos outros e sair vitorioso.

Em qualquer caso, é sempre importante refletir sobre a crítica recebida e, se há alguma verdade, corrigir nosso comportamento. Isso é um grande sinal de maturidade.


Fonte
Texto de Jennifer Delgado Suárez, originalmente publicado no site Rincón de la Psicologia. Traduzido e adaptado por Tudo Inverso.

Sobre o autor

Tudo Inverso

Tudo Inverso

Interpretando a vida onde a vida acontece.